Veja Também
Perfis Pultrudidos
» O processo
» Aplicações
» Características
» Propriedades Mecânicas
» Lista de Perfis
» Guarda-corpos
» Escadas
» Escadas Verticais
» Passadiços
» Estruturas
Gradil / Tampa
Peças Moldadas
Coberturas PRFV
O processo

Pultrusão é o nome atribuído ao processo automático para a produção, em continuo, de produtos de secção constante, sendo a maior parte destes produtos perfis e tubos. Este processo é aplicado exclusivamente a materiais compósitos.

O processo pode ser comparado com a extrusão convencional; com a diferença de que a força para obrigar o material a atravessar a fieira é aplicada após esta, através de um sistema de tracção que agarra o perfil, enquanto que na extrusão é aplicada pressão antes da fieira.

Como a Pultrusão é um processo contínuo, beneficia de vantagens inerentes da eficiência e controle efectivo do processo, resultando em propriedades uniformes e com bom toleranciamento dimensional. Também, como resultado da continuidade do processo, podem ser produzidos perfis com qualquer comprimento, tendo como única limitação o transporte do perfil. É também normal produzir rolos de perfis de pequena secção, podendo assim ter alguns quilómetros de comprimento, o que facilita o transporte. É possível produzir qualquer secção, que podem ser bastante planas com elevado brilho, embora para aplicações industriais não seja normalmente solicitado tal acabamento.

A Pultrusão é um dos grandes processos dos plásticos reforçados com fibra de vidro (PRFV), embora outros tipos de fibra possam também ser utilizados, com por exemplo as fibras de carbono e aramída (Kevlar®). Este processo tem sido desenvolvido de encontro às necessidades dos plásticos estruturais com altas propriedades mecânicas e físicas - compósitos que podem competir com os materiais de engenharia tradicionais (aço, alumínio). Este processo permite obter perfis de secções diversas e complexas, sendo algumas delas impossíveis de obter para perfis metálicos.

O processo de pultrusão consiste, geralmente, no arrasto de fibras continuas (roving) manta e/ou tecidos contínuos. Estes são impregnados num banho de resina passando de seguida por um sistema de guiamento e controlo, onde é retirado o excesso de resina e é dada a conformação às fibras para que estas tenham a forma aproximada à secção a produzir. Estas passam de seguida por uma fieira aquecida com a forma da secção do perfil e onde se efectua a cura do compósito. Os materiais são conformados e curados à medida que a secção progride ao longo da parte aquecida da ferramenta. O avanço do perfil é efectuado através de um sistema de tracção que permite o movimento contínuo e controla a velocidade de produção.

A velocidade de produção é controlada para que a cura seja efectuada completamente no tempo em que o produto se encontra na fieira. Isto é necessário para o material ter resistência suficiente para resistir às forças exercidas durante a fase de tracção. Depois de passar o sistema de tracção, existe um sistema de corte onde os perfis são cortados no comprimento desejado.

© Copyright 2009 Alto - perfis pultrudidos, Lda - Todos os direitos reservados Desenvolvido por:4por4